top of page
ilustra solta.png
lettering.png
PQTC.png
UFCG.png
AFFINS.png
LULA.png

Este projeto foi fomentado pelo PROGRAMA FUNARTE DE APOIO A AÇÕES CONTINUADAS 2023

Marilia Vargas da Costa

Marilia Vargas da Costa

Uma das mais ativas e respeitadas sopranos de sua geração, Marília Vargas divide seu tempo entre o ensino, a preparação vocal de coros, e sua carreira de concertos. Com mais de 20 álbuns gravados, realizou também inúmeras gravações para rádio e TV brasileiras e européias. Sua intensa atividade musical nas últimas temporadas inclui concertos com diferentes orquestras e formações de câmara. Em 2021, estreou no papel titulo da ópera Alcina de Händel no Theatro São Pedro, e encerrou a Temporada do Theatro Municipal de São Paulo, como solista nas Vésperas de Monteverdi. Na Temporada 2022 do Theatro São Pedro, estreou o papel título de La Serva Padrona e Livietta e Tracollo; foi Diane, na ópera Actéon, na série Ópera Fora da Caixa do Theatro Municipal de São Paulo; e estreou o Auto da Compadecida - a ópera, com a Orquestra Ouro Preto. Em 2023 abriu a temporada lírica do Theatro São Pedro com a ópera Dido e Enéas de Purcell, seguiu em tournée com a Orquestra Ouro Preto por diversas capitais do Brasil, além de concertos em diversas formações, com destaque para um programa dedicado às mulheres compositoras, que circulou por cidades do estado de São Paulo através do edital de circulação do Proac. Marília Vargas é professora de Canto Barroco e Canto Erudito na Escola de Música do Estado de São Paulo e preparadora vocal do Coral Jovem do Estado. É também professora de Canto Lírico da Escola Municipal de Música de São Paulo, preparadora vocal do Coral Jovem do Instituto Baccarelli em São Paulo, e professora convidada da Academia do Neojiba, em Salvador. Em março de 2024 estreia seu primeiro programa na Rádio Cultura FM, Mater Música - um panorama das mulheres compositoras através dos tempos.

bottom of page